quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Dinossaurs on the loose

Não exatamente, pois são réplicas na maioria. Mas a exposição é boa mesmo pra alguém que não tem fé cega no darwinismo-ortodoxo como eu.
Não creio que o darwinismo explique a origem da vida (nem outras teorias como o intelligent design), mas eu admiro essas criaturas gigantescas que, sem dúvida, habitaram o planeta um dia.
É semelhante a ir em um zoológico observar animais enormes, a diferença é que estes não estão extintos.

Fotos:
Dinos na Oca

E admirem o ancestral das criaturas de pouco intelecto que habitam o planeta atualmente, antepassado dos estatossauros orçamentívoros, o Australopithecus Politicus Esquerdensis.

Damn you, Darwinists!!!

5 comentários:

Booby Master disse...

Vc tem foto do Australopithecus Nerdus Metalens ?

Kosher-X disse...

Não. Você tem?

Jorge Nobre disse...

A expressão fé cega é interessante. Se uma teoria científica pede fé cega ela deixa de ser científica.

Jorge Nobre disse...

Os relativistas também nunca relativizam o darwinismo...

none disse...

não é aconselhavel mesmo ter fé em teorias científicas, mas conhecer suas predições e evidências, e saber diferenciá-las de simples hipóteses de livre-associação. Em tempo, "darwinismo", ou melhor dizendo, seleção natural, não se propõe a explicar a origem da vida; é apenas algo que dirige parte da modificação e divergência de populações e linhagens tomando formas diferentes a partir de ancestrais comuns (assim como raças de cães vão do chiwawa até o dogue alemão, mas todos descendem dos lobos).